» Licitações » Ouvidoria Siga nossas redes sociais

Notícias

Danilo Fagundes e Felipe Nascimento participam da Copa da Hungria

Brasileiros encararam disputa acirradíssima entre os 92 pentatletas do torneio, que aconteceu em Budapeste

26/03/2021 14h19
CBPM

Pernambucano Felipe Nascimento foi o 67º

O Brasil teve dois representantes na primeira etapa da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno, que está sendo disputada em Budapeste, na Hungria. Danilo Fagundes, 33, e Felipe Nascimento, 27, foram dois dos 92 pentatletas dos 34 países que participaram da qualificação masculina do torneio, nesta quinta-feira, 25. Depois de encararem uma disputa acirradíssima, Felipe foi o 67º na classificação geral depois de somar 1.103 pontos e Danilo o 69º com 1.099.

O elevado número de inscritos no torneio é explicado pela proximidade dos Jogos de Tóquio e pelo fato de a competição valer pontos para o ranking que irá definir as últimas vagas do Pentatlo Moderno para as Olimpíadas do Japão. Dos 92 pentatletas, apenas os 36 primeiros colocados avançaram à final, que acontecerá no sábado, 27.

As quatro provas da classificatória (esgrima, natação e laser-run (tiro e corrida)) foram disputadas na Universidade do Serviço Público de Ludovika. O hipismo está presente nos eventos do Pentatlo Moderno apenas nas finais de cada competição da modalidade olímpica.

Por causa do grande número de competidores, a qualificação foi dividida em três grupos. Danilo e Felipe ficaram na terceira bateria.

Temporada na Europa

Para chegar aos 1.103 pontos, Felipe teve 14 vitórias na esgrima, que foram convertidas em 202 pontos. Na natação, ele cravou os 2min01s25, que foram transformados em 308 pontos, e completou o laser-run em 11min47s77, somando 593 pontos.

Já Danilo alcançou nove vitórias na luta com a espada, conquistando 162 pontos, nadou os 200 metros estilo livre em 2min05s78, que lhe renderam 299 pontos, e terminou as quatro séries de 800 metros de corrida intercaladas com cinco acertos de tiro a laser no alvo em 11min02s43 (638).

Carioca Danilo Fagundes ficou em 69º

Os dois brasileiros continuam na Europa, para camp trainings em Sofia, na Bulgária, sede das próximas duas etapas da Copa do Mundo. A primeira delas vai acontecer de 7 a 11 de abril e a segunda de 15 a 18 do mesmo mês.

Estrelas em peso

Os principais pentatletas do mundo se inscreveram para a Copa da Hungria, dentre eles o alemão Marvin Dogue, 25, que ficou em primeiro lugar na qualificação desta quinta com 1.174 pontos. Além dele, a prova também contou com o inglês Joseph Choong, 25, atual líder do ranking mundial, vice-campeão do último mundial disputado, em 2019, e campeão da Final da Copa do mesmo ano.

O ucraniano Pavlo Tymoshchenko, 34, prata em Rio 2016, e o húngaro Adam Marosi, 36, bronze em Londres 2012, também estão na Hungria; assim como os franceses Valentin Prades, 28, vice-campeão Mundial de 2018 e bicampeão da Final da Copa (2013 e 2017), e Valentin Belaud, 28, bicampeão Mundial (2016 e 2019); o britânico James Cooke, 30, campeão Mundial de 2018 e campeão da Final da Copa de 2016; e o lituano Justinas Kinderins, 33, campeão Mundial de 2013 e bronze nos mundiais de 2010 e 2017.

Uma das grandes surpresas da qualificação masculina foi a não classificação do sul-coreano Jihun Lee, 25, atual vice-líder do ranking mundial, que ficou a um ponto do top 36 da final com 1.145 pontos. O francês Ugo Fleurot, 19, e o egípcio Ahmed Hamed, 23, foram os últimos da relação, com 1.146 pontos, cada.

Revelação de 13 anos

Já a qualificação feminina da Copa da Hungria, que abriu o torneio nesta quarta-feira, 24, teve 80 competidoras de 30 países. O grande destaque da disputa foi a japonesa Natsu Ohta, que com apenas 13 anos liderou o evento, ao lado da cazaque Elena Potapenko, 27, com 1.059 pontos.

Oficialmente da categoria Sub-15, Natsu fez sua estreia como Sênior na Hungria. Ela não começou o dia muito bem, ganhando apenas 12 dos 26 duelos da esgrima de sua bateria. Na natação, ela fez uma prova regular com 2min13s, mas no laser-run largou em 13º no seu grupo, voou baixo e cruzou a linha de chegada em primeiro, fazendo o sétimo melhor tempo dentre as 80 competidoras.

Japonesa japonesa Natsu Ohta

No último Mundial Sub-17, disputado em 2019, também na Bulgária, Natsu foi ouro no revezamento feminino, ao lado da irmã Kaede Ohta, 15. Agora, a japonesa vai encarar uma disputa acirrada na final desta quinta, 26, que conta, dentre outras, com a experiente francesa Elodie Clouvel, 32, atual líder do ranking mundial e prata em Rio 2016.

A grande disputa de hoje também terá a bielorrussa Anastasiya Prokopenko, 35, bronze em Pequim 2008; a britânica Kate French, 29, bronze no Mundial de 2019; a russa Gulnaz Gubaydullina, 28, campeã Mundial de 2017 e bronze na Final da Copa do mesmo ano; e a ucraniana Iryna Khokhlova, 31, que competiu nos últimos anos pela Argentina, por onde foi campeã dos Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018.

Uma das ausências mais sentidas na final desta sexta será da polonesa Oktawia Nowacka, 30, bronze em Rio 2016. Ela ficou de fora do Top 36 da disputa, ao ser a 50ª da qualificação.

De volta às arenas

A Copa da Hungria é a primeira competição realizada pela União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) desde o início da pandemia. A última delas foi a primeira etapa do torneio de 2020, em fevereiro do ano passado, no Egito.

Depois das qualificações realizadas nesta quarta e quinta, o torneio realizará a final feminina nesta sexta, a masculina no sábado e o revezamento misto no domingo, 28, último dia de provas em Budapeste.

Os dois representantes brasileiros no torneio foram revelados no PentaJovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade. Ambos fazem parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas; Danilo pela Comissão de Desportos do Exército (CDE) e Felipe pela Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA).


Últimas Notícias

Fique por dentro de tudo que acontece no Pentatlo Moderno Brasileiro